Liberdade para Aung San Suu Kyi

Grupos de Direitos Humanos, como a Anistia Internacional e a Burma Campaign pediram que hoje fosse declarado dia mundial de protesto contra a prisão terrivelmente injusta prisão de Aung San Suu Kyi, líder da oposição, vencedora do prêmio Nobel da Paz de 1991 e democraticamente eleita nas eleições de Myanmar (Birmânia).

Mais notícias aqui:
Día de Acción Internacional por la Liberación de Aung San Suu Kyi – via Appamadanet
Grupos de defesa dos direitos humanos pede libertação de Suu Kyi

Todo este tema é de significativa importância para mim, uma vez que não só seguimos as tradições buddhistas da Birmânia e Thailândia, mas meu professor, Ven. Aggamahapandita Rewata Dhamma Sayadaw foi durante anos um dos principais mediadores das tentativas de diálogo entre o governo militar e Aung San Suu Kyi, tendo acesso livre a ambos. Bhadanta Rewata Dhamma foi um ativista incansável pela paz e foi graças a seus esforços que durante um período Aung San Suu Kyi permaneceu em liberdade.

No Brasil, amanhã, haverá um encontro pela paz em favor dos monges buddhistas e povo de Myanmar, organizado pelo Colegiado Buddhista Brasileiro. Representantes buddhistas, membros colaboradores, professores e pessoas engajadas de outras religiões, políticos e representantes do governo estadual, juntamente com o público em geral, lá estarão para prestar seu tributo à paz. Espero poder encontrar pessoalmente vários dos leitores das Folhas por lá!

2 thoughts on “Liberdade para Aung San Suu Kyi

  1. eu tb vou…

    não resistindo..( coisas de mulé)
    bonito os trajes dela heim, adorei
    o xalé…rs.

    abs fraternos,

    ana

Os comentários estão fechados.