Loira

Hanoi!!! Essa palavra no titulo desta Folha foi a primeira palavra que aprendi no Vietnam. Nao, nao precisam pensar que estou atras de alguma loira por aqui e tive que pedir a alguem como falar ‘loira’ em vietnamita. O que acontece eh que saindo do aviao essa eh a primeira palavra que vemos: ‘Loi ra’ – que significa ‘saida’. Entao segui a loira, e logo fomos recebido pelo comite do Vesak, todos muito simpaticos, sorridentes, dando-nos as boas vindas. A viagem foi bem tranquila. De Belo Horizonte a Sao Paulo sentaram-se a meu lado um humorista conhecido de BH, mais o grupo Skank. Sao Paulo a Paris seguiu sem maiores ocorrencias. Mas no trecho Paris Vietnam foi uma grande coincidencia ter sentado ao lado exatamente da presidenta da Uniao Buddhista Europeia. Entao a viagem foi bastante agradavel, entre misturas de ingles, frances e japones. Alem disso, meu colega da delegacao da Hungria tambem estava presente.

Hanoi tem muitas motos! Atravessar as ruas eh um exercicio de constante atencao, uma vez que elas vem de todos os lados: direita, esquerda, da frente e de tras, mais nas diagonais. Nota: Nao ha semaforos, ou seja, tudo segue num fluxo continuo, ok? Todos usam capacetes, mas as mulheres tem um chapeuzinho, em todos as cores e imagens que eh encaixado no capacete, dando a cada uma das motoqueiras uma personalidade distinta. A temperatura estah quente, cerca de 31 graus, apesar de que a sensacao eh menor do que eu imaginava.

Fizemos um otimo passeio pelo lago proximo, e visitamos um templo confucionista-taoista-buddhista, o Templo do Monte de Jade, erguido muito antigamente em homenagem a essas tres religioes presentes no Vietnam. Para chegar ate ele passamos por essa bela ponte e o templo fica numa ilha dentro do lago. Andar em volta do lago eh relaxante, com muitas arvores lancando seus longos galhos nas aguas. Por todos os lados nas ruas, vendedores oferecerem suas comidas. Parece que eh um habito grande daqui o de que a interacao social aconteca nas ruas, onde se come, se joga e toda a familia bate papo do amanhecer ao anoitecer.

As ruas de toda Hanoi estao com essas chamadas sobre o Vesak da ONU 2008. Parece que todos estao empolgados de o Vietnam estar sediando dessa vez. Chegamos ontem, dia 12, e hoje dia 13 praticamente todos os participantes das delegacoes internacionais jah devem ter chegado. Eh muita gente, ocupando cinco ou seis hoteis. O meu fica em cima de um lago, abrindo a porta da varanda, o grande West Lake se abre bem abaixo dos pes.

Na manha seguinte tive que pensar em algo para gastar minha fortuna. Afinal eu estava com 1 milhao e seiscentos no bolso e isso precisa ser gasto imediatamente. Nao dah para ficar andando como um milionario pelas ruas, nao eh? O que fazer, entao? Bem, na verdade nao eh muito dificil, nao.

Entao, tomamos um cafe da manha que incluia o pao mais leve que ja comi na vida. Ele eh um pao frances enorme e com zero peso. Impressionante. Uma visita ao mercado ja serviu para gastar uns poucos milhares.

E, claro, tivemos que comecar a experimentar as comidas vietnamitas, desde as refeicoes com os cinco sabores, todas as variedades de tofu, ate as muitas frutas: rambutans (minha fruta preferida), frutas-rainha, mangas, meloes, e a deliciosa fruta-dragao. Agora jah eh noite e amanha nos reuniremos as 5h45 da manha para sair ao Centro de Convencoes. Antes desse horario, supoe-se que teremos comido nosso cafe da manha. Boa noite a todos!

3 thoughts on “Loira

  1. Que bacana! E como se chama esse chapéu da foto, tão característico, acredito, desses países aí do sudeste asiático?
    Dhamma tb é diversão e cultura, hein?!! Abraço grde

  2. Que maravilha estar aí procurando Loi – ras (???!!), numa terra que oferece um universo tão diferente!Ótimo Vesak!E aquele pão come no “seco”? Abs. Fátima

Os comentários estão fechados.