Chegando do Sul

depois de dez dias fora… Numa Curitiba ensolarada, tivemos o prazer de reencontrar a turma do Nalanda Curitiba, bem como fazer novos amigos. O grupo está animado, com vários planos e idéias. Uma delas, que já está dando frutos, é o de um auto-retiro mensal. Esta é uma excelente iniciativa para aqueles que desejarem se dedicar ainda mais à prática. Em Curitiba tivemos a oportunidade de desenvolver mais um módulo de nosso curso sobre o Dhammapada, agora abordando ensinamentos ligados a flores. E no fim de semana foi a vez do Módulo II do curso de Espiritualidade Buddhista. O grupo do Nalanda Curitiba se reúne no espaço do CEBB Paramitta, vinculado ao Instituto Caminho do Meio do Lama Padma Samten. O Paramitta é dirigido pelas competentes mãos do prof. Bruno Davanzo e uma excelente equipe de colaboradores. Foi um prazer ter o contato renovado e mesmo ter alguns de seus frequentadores também em nossos eventos.

Uma outra novidade por lá são dois novos horários, além das usuais segundas-feiras, das 19h15 às 21h. Agora há também reuniões só de prática às terças-feiras, das 7h00 às 8h00 e aos sábados, das 8h30 às 9h30 para aqueles que se interessam em praticar em nosso estilo.

Depois foi a vez de visitar novamente a excelente sangha zen de Florianópolis, dirigida pelo rev. prof. de dharma Gensho, que junto com um time de pessoas motivadas, provê um espaço sério e amoroso para a prática do zen em Florianópolis. Lá também realizamos mais um módulo do curso do Dhammapada, enfocando então ensinamentos sobre a mente/coração, com perguntas e comentários estimulantes vindos dos participantes.

Como acréscimo, houve um encontro na quinta à noite, sob a égide do CBB, para falar sobre a vida e o Buddhismo, com várias perguntas interessantes dos participantes. Ele se deu numa das salas da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis é uma linda cidade, e dessa vez estava com bastante sol e tranquilidade, enriquecida ainda mais pela boa companhia e hospitalidade.

Agora é ‘descansar’ por alguns dias, e se preparar para mais uma longa viagem na semana que vem. Para leitores das Folhas, fotos garantidas pelo mês de setembro.

3 thoughts on “Chegando do Sul

  1. O prazer é mútuo, Michel, por ter estado em contato com uma sangha tão compromissada com o dharma e dedicada a ajudar no bom andamento dos eventos. Gassho!

  2. Faço parte da sangha zen de Florianópolis, e gostaria de dizer que foi um prazer participar do wokshop e da palestra sobre a Vida e o Buddhismo com o prof. Ricardo Sasaki. Sem dúvida, um ótima oportunidade de aprendizado sobre Dharma.

    No Dharma,
    _/_…
    Michel.

  3. Parabéns por este novo êxito professor Ricardo. Sua determinação em disseminar o Dhamma me impressiona e me inspira.

    Nós mineiros somos afortunados por ter uma pessoa como você por aqui, embora poucos de nós saibam aproveitar as oportunidades suscitadas por sua presença (isto crítica vale para mim próprio…).

    Abraços
    Guttemberg

Os comentários estão fechados.