Olhar a boca

Mais uma pesquisa anuncia que fechar a boca é a melhor solução (ou pelo menos a mais identificável) para viver mais tempo. Agora é a vez dos japoneses mostrarem que comer pouco prolonga a vida. É dito que “a restrição alimentícia é a intervenção mais eficaz e mais reproduzível para estender a expectativa de vida em espécies completamente diferentes” e é interessante que um dos métodos sugeridos para isso é o “jejum intermitente”. Aqui um exemplo mais cotidiano de alguém que começou isso e dos benefícios que começou a sentir.

Acontece que isso é bem parecido com a prática dos monges Theravada desde a época do Buddha, os quais não comem após o meio-dia. Fica aí um dos segredos de sua longevidade.

1 thought on “Olhar a boca

Os comentários estão fechados.