Primeiras palavras de Thich Nhat Hahn após o derrame

Thich Nhat Hanh, um dos mais conhecidos mestres buddhistas da atualidade, sofreu um acidente vascular cerebral em novembro passado, abalando a comunidade buddhista mundial e ainda mais seus milhares de seguidores. Finalmente após tanto tempo ele falou suas primeiras palavras.

Eis um trecho da carta divulgada por sua comunidade em Plum Village:

Dois meses se passram desde que Thay chegou nos EUA, com a esperança de conseguir um tratamento mais intensivo para se recuperar de seu acidente vascular cerebral. Graças ao apoio incrível de nossa amada cmunidade temos sido capazes de obter os melhores médicos e terapeutas para Thay, em todas as modalidades de tratamento. Estamos felizes em poder compartilhar que Thay está se beneficiando do melhor das abordagens médicas alternativas e convencionais, do Ocidente e do Oriente. Thay está recebendo acupuntura todos os dias, bem como fisioterapia, fonoaudiologia, osteopatia e neurofeedback, com o apoio e supervisão de uma equipe fenomenal de médicos na UCSF.

Com a idade avançada de Thây, a severidade da hemorragia, bem como a vários problemas complexos de saúde, a recuperação é extremamente desafiadora. Quando Thay começou a fisioterapia, ele esteve muito engajado e entusiasmado com seus terapeutas e o programa que eles tinham criado para ele. Preparando-se para as sessões de fisioterapia, todos nós pudemos sentir a determinação alegre em sua linguagem corporal. Dizíams a ele: “Thay, vamos nos preparar para a fisioterapia” e Thay levantava seu punho no ar e sorria, como se dissesse: “Vamos!”

No entanto, o nível de fadiga e desconforto físico que Thay experimentava quando chegamos nos EUA limitavam sua capacidade de participar das sessões. Com a ajuda de toda a equipe de médicos e terapeutas, temos sido capazes de criar um programa integrado de tratamento que permite Thay ter um sono reparador, e mais agilidade, facilidade e paz em seu corpo, permitindo que participe mais plenamente nas sessões.

Um avanço recente tem sido o de que, embora utilizando um suporte parcial para andar, a perna direita de Thay começou a fazer pequenos movimentos, iniciando o movimento de pisar.

Thay recebeu uma ajuda de três fonoaudiólogas diferentes ao longo dos últimos dois meses, uma das quais foi capaz de ajudá-lo a falar suas primeiras palavras desde o acidente vascular cerebral. Foi um dia lendário. Estamos felizes em poder compartilhar suas primeiras palavras:

Dentro, fora (várias vezes)
Feliz (várias vezes)
Obrigado (várias vezes)

e “Vui quá” (significando “tão feliz” em vietnamita).

Era como uma meditação guiada. Todo mundo chorou e riu ao mesmo tempo, incluindo Thay“.

 

Confira mais aqui: http://plumvillage.org/news/an-update-on-thays-health-8th-september-2015/