ADHITTHANA

… decisão, resolução, aspiração, autodeterminação, intenção

Diferente de um voto, tal determinação é baseada em sabedoria, compaixão e abnegação e não numa promessa que devemos pagar mais tarde. É também a principal virtude necessária para trilhar o nosso caminho espiritual.

Através de uma forte determinação aperfeiçoamos os paramis.

Os buddhistas gostam de afirmar sua aspiração diante da árvore Bodhi. Como fez o Bodhisatta Gotama antes que Ele alcançasse o Seu Despertar, afirmamos o nosso adhitthana recitando:

“Pelo poder dos méritos que acumulei, que eu possa…”

Sempre que fazemos algo bom, como dana, devemos afirmar uma aspiração:

“Possa este meu dana ser uma condição para que eu aprenda, pratique e realize a Verdade até que eu alcance nibbana”.

~ uma tradução de Jorge F.

~ uma palavra pali por dia ~

dhanapala

Este é o blog pessoal de Ricardo Sasaki (Dhanapala), psicoterapeuta, palestrante e professor autorizado na tradição buddhista theravada e mahayana, tradutor, autor e editor de vários livros, com um grande interesse na promoção e desenvolvimento de meios hábeis que colaborem na diminuição real do sofrimento dos seres, principalmente aqueles inspirados nos ensinamentos do Buddha. Dirige o Centro de Estudos Buddhistas Nalanda e escreve no blog Folhas no Caminho. É também um dos professores do Numi - Núcleo de Mindfulness para o qual escreve regularmente. Para perguntas sobre o buddhismo, estudos em grupo e sugestões para esta coluna, pode ser contactado aqui.