Apego às idéias

“O apego a idéias e opiniões não é difícil de detectar e identificar se fizermos uma pequena introspecção. Desde que nascemos no mundo, temos recebido instrução e treinamento, os quais deram origem a idéias e opiniões. Quando falamos em opiniões, temos em mente o tipo de idéias a que alguém se prende e se recusa a deixar ir. Apegar-se às próprias idéias e opiniões é bastante natural e não é normalmente condenado ou desaprovado. Mas não é menos grave ou perigoso que o apego aos objetos atraentes ou desejáveis. Pode acontecer que idéias e opiniões preconcebidas, às quais sempre nos apegamos obstinadamente, venham a ser destrutivas. Por esta razão, é necessário que continuamente aperfeiçoemos nossas idéias, fazendo-as progressivamente mais corretas, melhores, superiores, trocando as falsas idéias por idéias que estejam mais e mais próximas da verdade e, finalmente, no tipo de visão que incorpore as Quatro Nobres Verdades”.

do capítulo IV de ‘A Causa do Sofrimento na perspectiva buddhista’, de Ajahn Buddhadasa. Belo Horizonte: Edições Nalanda, 1998.

dhanapala

Este é o blog pessoal de Ricardo Sasaki (Dhanapala), psicoterapeuta, palestrante e professor autorizado na tradição buddhista theravada e mahayana, tradutor, autor e editor de vários livros, com um grande interesse na promoção e desenvolvimento de meios hábeis que colaborem na diminuição real do sofrimento dos seres, principalmente aqueles inspirados nos ensinamentos do Buddha. Dirige o Centro de Estudos Buddhistas Nalanda e escreve no blog Folhas no Caminho. É também um dos professores do Numi - Núcleo de Mindfulness para o qual escreve regularmente. Para perguntas sobre o buddhismo, estudos em grupo e sugestões para esta coluna, pode ser contactado aqui.

One Comment

  1. Taí uma coisa que parece fácil e, justamente por isso, dá uma tremenda dor de cabeça… Uma dor de cabeça que a gente demora a descobrir de onde vem!!!

Comments are closed.