Arquivos Buddhadasa

Escrevo rapidamente, e sem fotos, pois me encontro no centro de impressa do Banco do Siam Bank. De quarta a noite ate sexta pela manha choveu ininterruptamente. Felizmente, mais uma vez por sorte, a chuva parou na hora de ir embora. Direto para o hotel, bem luxuoso por sinal, localizado em Bangkok. Almocei com um grupo de tibetanos, ao lado do Geshe Samten, que dirige o Centro de Altos Estudos Tibetanos de Sarnath. Ja haviamos nos encontrado em duas outras ocasioes la na India. Ele me disse que o Dalai Lama estah bem agora, depois da indisposicao que teve e que o levou ao hospital. Depois do banho quente, jah parti para outro compromisso, a cerimonia de apresentacao do projeto dos Arquivos Buddhadasa, que objetiva reunir num novo predio em Bangkok a obra deste que eh um dos maiores mestres thailandeses do seculo. Como um dos tradutores de Tan Ajahn em lingua estrangeira, estamos acompanhando de perto o projeto, e eh uma otima oportunidade entrar em contato com outros que estao diretamente envolvidos aqui com a fundacao. Eh por isso que estou aqui no centro de impressa, para passar a noticia a voces 🙂 A noite volto ao hotel e amanha comeca a maratona.

dhanapala

Este é o blog pessoal de Ricardo Sasaki (Dhanapala), psicoterapeuta, palestrante e professor autorizado na tradição buddhista theravada e mahayana, tradutor, autor e editor de vários livros, com um grande interesse na promoção e desenvolvimento de meios hábeis que colaborem na diminuição real do sofrimento dos seres, principalmente aqueles inspirados nos ensinamentos do Buddha. Dirige o Centro de Estudos Buddhistas Nalanda e escreve no blog Folhas no Caminho. É também um dos professores do Numi - Núcleo de Mindfulness para o qual escreve regularmente. Para perguntas sobre o buddhismo, estudos em grupo e sugestões para esta coluna, pode ser contactado aqui.

2 Comments

  1. Professor, qdo tiver um tempo conte mais sobre o projeto. Boa conferência aí. Abs. Fátima

  2. ” OM AH HUM BENZA GURU PÉMA SIDHI HUM”

    Quando li que vc almoçou com ilustres tibetanos me veio na mente esse mantra e o recitei por todos nós.
    ” Diz-se que as doze sílabas OM AH HUM VAJRA GURU PADMA SIDDHI HUM, contém toda benção dos doze tipos de ensinamentos trazidos pelo Buda, a essência dos seus oitenta e quatro mil Dharmas. Dessa forma, recitar o mantra de Vajra Guru uma vez, equivale à benção de recitar… ou de praticar o ensinamento inteiro do Buda”..
    Dilgo. K. Rinpoche
    Que assim seja!!

    No Dharma,
    Josane

Comments are closed.