Uncategorized

Cânticos ao Buddha

Toda manhã começamos o dia com um puja. É uma celebração do despertar do Buddha, um ato de louvor e reconhecimento. É uma oferenda. Então, terminados os cânticos, se nos mantivermos no espírito do puja e continuarmos a oferenda, isso vem a ser um yoga espiritual. Meramente cantar algumas palavras e depois esquecê-las assim que os cânticos terminam não é um verdadeiro exercício do espírito. Pode até mesmo haver uma rápida elevação da energia, mas se não nos lembrarmos do sentido, abandonamos a oferenda e também o espírito. Talvez tropecemos em pensamentos, percepções e sentimentos – nem tanto apreendendo-os, mas sendo agarrados por eles. Mas se pararmos para refletir sobre este ensinamento, este treinamento no Dhamma, então atinaremos para o fato de que se trata de envolver nossos corações, mentes e espírito muito completamente. É através disso que ativamos as cinco faculdades de suporte (indriya), tornando-as fortes, e trazendo à tona, de fato, o espírito do Despertar. A primeira faculdade é a da fé; e para isso serve o puja. O puja é uma oferenda, um trazer à tona, uma ativação do espírito.

Gostaria de saber mais sobre puja e o papel da fé no Buddhismo? Confira então a continuação desse artigo do Venerável Succito: Puja – uma celebração do despertar.

Compartilhe com seus amigosShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Comments are closed.

Powered by: Wordpress
%d blogueiros gostam disto: