Conhecendo Chiangmai

Patchima:

Saimos pela manha para passeio de dia inteiro. De cara subimos 1200m para fazer a primeira parada. Apesar da nausea provocada em alguns pelas muitas curvas da estrada, chegamos ao Palacio Phra Tamnak Phu Phing, residencia da familia real. Fascinante!!!!!!!!!!!!! Quando a familia real nao esta, os jardins sao abertos para visitacao publica. Voces nao fazem ideia..O jardim eh enorme e de uma beleza sem igual. E pra ajudar…um belo dia de sol. Os jardins do Palacio ficam no topo da colina e um oceano de flores cuidadosamente dispostas de forma a causar deslumbramento… Eh tao grande e variada a quantidade de especies ali que nao tenho
como dizer pra voces. Ficamos boquiabertos. Fantastico.

Segunda parada: um pouco abaixo do Palacio esta o famoso Templo sagrado Wat Phra That Doi Suthep. Para chegar no templo toma-se um funicular ou sobe-se 290 degraus. Muita gente, muita movimentacao. O templo eh lindo e tem um bela estupa em ouro. Por todo lado se ve pendurado sininhos dourados. Os visitantes compram, colocam seus nomes e ajudam na manutencao do templo. Muitas pessoas tocando sinos grandes espalhados pelas laterais do templo. Para minha surpresa soube que ha um Buddha para cada dia da semana. O guia local que orientava nossa visita explicou o significado do porque em cada dia o Buddha eh representado numa posicao diferente. Curiosos fomos descobrir qual o Buddha do dia de nossos nascimentos. A vista que se tem la do alto eh maravilhosa.

Terceira parada: fomos conhecer a cidade antiga com varias ruinas de templos que ali existiam. Foi um otimo passeio. Aprendemos um pouco da historia de Chiangmai atraves do guia local, do video que vimos, das fotos e objetos que apreciamos no museu la perto.

A vontade eh de me estender, mas o professor quer colocar foto e esse falatorio ocupa espaco demais.Tentarei ser mais economica. Amanha…floresta!!!!!!!!!!!!!!!!

dhanapala

Este é o blog pessoal de Ricardo Sasaki (Dhanapala), psicoterapeuta, palestrante e professor autorizado na tradição buddhista theravada e mahayana, tradutor, autor e editor de vários livros, com um grande interesse na promoção e desenvolvimento de meios hábeis que colaborem na diminuição real do sofrimento dos seres, principalmente aqueles inspirados nos ensinamentos do Buddha. Dirige o Centro de Estudos Buddhistas Nalanda e escreve no blog Folhas no Caminho. É também um dos professores do Numi - Núcleo de Mindfulness para o qual escreve regularmente. Para perguntas sobre o buddhismo, estudos em grupo e sugestões para esta coluna, pode ser contactado aqui.

4 Comments

  1. Paisagens de dar água na boca!

    Abraço a Patchima e a turma!
    Daniel

  2. Pátchima, querida, ler as tuas descrições transporta-me de novo para esses locais que ficaram no meu coração. Tens um dom, amiga!
    Abraço a todos vocês
    Espero em Maio percorrer alguns dos vossos passos :0))))
    Abração de Lisboa, debaixo de chuva e com muito vento

  3. Meu comentário?? Tô moreeeeendo de inveja de vocês!!!! Queria estar junto buááááá!!!
    Na próxima, por favor, ME LEVEM!!!!
    Beeeeeijos
    Rosita

  4. Meu comentário?? Tô moreeeeeendo de inveja de vocês!!!!!!! Queria estar junto buááááááá!!!!!
    Na próxima, por favor, ME LEVEM!!!!
    Beeeeeeeeeeeeeijos!!!

Comments are closed.