De Vera Religione

“Aquilo que hoje é chamado de religião cristã já existia entre os antigos e nunca cessou de existir desde as origens do gênero humano, até o tempo em que o próprio Cristo veio e os homens começaram a chamar de cristã a verdadeira religião que já existia anteriormente.”

— Santo Agostinho (354-430)
Epístolas, 102: 11, 12 & 15
De Vera Religione: X, 19.

É sempre bom lembrar esta passagem de Sto Agostinho. Neste fim de semana estaremos nos lembrando de mais algumas outras, numa oficina dedicada à Cruz e ao Lótus. Todos são convidados a participar dessas reflexões, necessárias para quem se inicia no caminho de busca interior, tanto quanto para aquele que há muito já está nele Quanto das palavras de Agostinho está presente nas mentes dos cristãos modernos? Quanto das palavras do Buddha – o qual dizia que ele não trazia um ensinamento novo, mas revelava um antigo caminho já trilhado antes e esquecido – está presente nas mentes dos buddhistas fundamentalistas modernos?

Acima, o altar da Igreja de São Bento, em Olinda/PE. Foto de 03/11/07

dhanapala

Este é o blog pessoal de Ricardo Sasaki (Dhanapala), psicoterapeuta, palestrante e professor autorizado na tradição buddhista theravada e mahayana, tradutor, autor e editor de vários livros, com um grande interesse na promoção e desenvolvimento de meios hábeis que colaborem na diminuição real do sofrimento dos seres, principalmente aqueles inspirados nos ensinamentos do Buddha. Dirige o Centro de Estudos Buddhistas Nalanda e escreve no blog Folhas no Caminho. É também um dos professores do Numi - Núcleo de Mindfulness para o qual escreve regularmente. Para perguntas sobre o buddhismo, estudos em grupo e sugestões para esta coluna, pode ser contactado aqui.