Em Rajgir – 2

Em Rajgir
(30.12.2010)

Relato da Pátchima:

Após o almoço seguimos para o Parque dos Bambus que foi o primeiro local doado especificamente para a sangha do Buddha. Aqui neste parque aconteceram muitas conversas com Mara. Lá está a estátua do Buddha que representa o 1º ensinamento. As estátuas do Buddha características da arte Nalanda têm o cabelo do Buddha enroladinho, aquele símbolo no meio da testa que para os hindus significa o terceiro olho e o duplo lótus na base.

No Parque dos Bambus – Veluvana


Próxima parada: ruínas da antiga Universidade Nalanda. Que maravilha amigos!!!!!!

Nalanda



Lá na frente já nos esperava um amigo do Prof. Ricardo, o estudioso Deepak, especialista em Nalanda. Nossa visita não poderia ter sido melhor!!! Ele sabe tudo!!!! E foi nos contando toda a estória de Nalanda através das ruínas. Ele nos contou no espaço de poucas horas a história resumida de 1500 anos de acontecimentos naquelas ruínas!

conhecendo mais sobre Nalanda

À medida que íamos andando pelas ruínas aparentes, porque segundo o Deepak apenas um percentual muito pequeno foi descoberto, fomos nos dando conta da grandiosidade e da importância de Nalanda. Deepak nos disse que há muuuita coisa ainda por escavar naquele lugar.

muuuita coisa ainda por escavar


Nalanda significa aquele que é insaciável no oferecimento e numa ocasião o Buddha era o rei deste lugar. Foi construída ao longo de 1000 anos e mais de 10 a 12 reis deram seu apoio para que isso acontecesse.

Nalanda


O local das ruínas é muito maior do que imaginava e as informações foram tantas que foi quase como se ele tivesse nos dado um workshop! Uma coisa que não posso deixar de colocar é a importância do peregrino chinês Xuang Zang (603 AD-664 AD ) que, andando, chegou até Nalanda. Achou que aquele era o local mais maravilhoso que existia. Façam idéia de que quando ele chegou Nalanda já tinha 700 anos. Foi através do relato detalhado de suas andanças que os arqueólogos e estudiosos começaram a pesquisar sobre os caminhos que o Buddha fez. Em 1861 Nalanda foi descoberta pelos ingleses por causa deste relato. Xuang Zang passou 02 anos estudando antes de começar a viagem até aqui.

Nalanda in Nalanda




Depois desta visita maravilhosa fomos até o memorial construído em homenagem ao monge Xuang Zang que como já disse possibilitou todas as pesquisas sobre Nalanda. Belo memorial.

Memorial – © foto Carlos


Para encerrar o dia nos encaminhamos para um encontro com o Dr.Panth, diretor da Universidade Nalanda que nos aguardava com o Deepak para conversa e relato sobre projetos em andamento. Fomos recebidos com pompa e circunstância e levados à sala de conferência.

recebidos na Universidade Nalanda – © foto Pátchima


Dr. Panth dirigiu belas palavras ao grupo e ao Prof. Ricardo. Em seguida Deepak apresentou slides onde apreciamos os magníficos projetos, alguns já em andamento, de tornar possível aos buddhistas de todos os lugares, reviver os caminhos que o Buddha fez. Isso envolve a união de muitas forças, tanto governamentais quanto privadas. As trilhas estão divididas por temas e relacionadas aos fatos marcantes da vida do Buddha. Sensacional!


Foi um dia emocionante e inesquecível por tudo que vivemos. Pisar onde os pés do Buddha tocaram é como as camadas que vão sendo descobertas lá nas ruínas de Nalanda. Estivemos sobre toda a história!!!

Cf. também o relato da Rosana sobre esse dia

dhanapala

Este é o blog pessoal de Ricardo Sasaki (Dhanapala), psicoterapeuta, palestrante e professor autorizado na tradição buddhista theravada e mahayana, tradutor, autor e editor de vários livros, com um grande interesse na promoção e desenvolvimento de meios hábeis que colaborem na diminuição real do sofrimento dos seres, principalmente aqueles inspirados nos ensinamentos do Buddha. Dirige o Centro de Estudos Buddhistas Nalanda e escreve no blog Folhas no Caminho. É também um dos professores do Numi - Núcleo de Mindfulness para o qual escreve regularmente. Para perguntas sobre o buddhismo, estudos em grupo e sugestões para esta coluna, pode ser contactado aqui.

3 Comments

  1. Gente só hoje estou novamente viajando com as anotações de Fatima Fernandes, Rosana e Mestre Ricardo. Que delicia reviver, momentos unicos em minha vida.Obrigada!

  2. Muito bom mesmo, um lugar focado nos ensinamentos dos buddhas, e a foto do grupo em nalanda, só faltou um fotoshop com minha foto junto rs

Comments are closed.