Jogue fora o estresse

Quando o estresse está presente, o que realmente acontece dentro de nós? Há alguma sensação particular que vocês tenham e possam trabalhar dentro do que é chamado estresse? Ou isso é sempre relacionado a um pensamento? Então, vocês realmente podem explorar isso, investigar isso, descobrir por vocês mesmos o que é isso que chamamos de estresse e o que realmente acontece conosco quando experimentamos o estresse. É um exercício muito interessante estar com as sensações, estar com o que quer que esteja acontecendo na sua mente e corpo, sem a palavra estresse; joguem fora a palavra estresse e fiquem apenas com a experiência efetiva, o que estiver acontecendo com vocês. Então, eu gostaria que vocês experimentassem com algumas das ferramentas, algumas sugestões que estou oferecendo e descobrissem por si mesmos quais vão lhes ajudar.

Outra ferramenta é tentar estar ciente da respiração. Porque como descobrimos, às vezes nossos pensamentos, às vezes o jeito como lidamos com as sensações e assim por diante, pode realmente construir um estresse crescente. E isso é interessante, pois a maior parte do estresse é criada por pensamentos sobre o passado ou especialmente sobre o futuro, antecipando a ansiedade, fracasso e por aí vai. Então se você puder realmente estar com a realidade da respiração, porque isso está acontecendo agora, então você se dá conta de que mesmo nos poucos minutos em que gasta com a respiração, existe um completo reparo de qualquer emoção que você esteve sentindo“.

Um ensinamento do prof. de dharma Godwin Samararatne, traduzido pela equipe de tradução do Centro Buddhista Nalanda.

Gostou deste artigo? Inscreva-se em nosso boletim para receber notícias por email sobre novos textos selecionados, eventos, cursos online e lançamentos de livros. Enviamos no máximo 1 email por semana.

dhanapala

Este é o blog pessoal de Ricardo Sasaki (Dhanapala), psicoterapeuta, palestrante e professor autorizado na tradição buddhista theravada e mahayana, tradutor, autor e editor de vários livros, com um grande interesse na promoção e desenvolvimento de meios hábeis que colaborem na diminuição real do sofrimento dos seres, principalmente aqueles inspirados nos ensinamentos do Buddha. Dirige o Centro de Estudos Buddhistas Nalanda e escreve no blog Folhas no Caminho. É também um dos professores do Numi - Núcleo de Mindfulness para o qual escreve regularmente. Para perguntas sobre o buddhismo, estudos em grupo e sugestões para esta coluna, pode ser contactado aqui.