manhas com Buddhas e devas

Agora sao 5 da manha do dia 30 de maio (mas os leitores das Folhas receberao este post ainda no dia 29 as 19h00 – que é o horário aí no Brasil!), a mesquita ao lado (nesse pais essencialmente buddhista) já começa seus canticos com a chamada para as oraçoes. A chegada em Bangkok foi muito tranquila, o calor é forte por aqui, e a comida continua deliciosa. Temos revezado entre a típica comida vegetariana thailandesa e a indiana. Upasika Mudita viu estrelas ao comer toda uma masala dosa! Nossa amiga Isabel de Portugal chegou ontem, vinda lá de Pai, ao norte. Está a adorar aqui também, pois. E nós a adorar sua companhia também. Os últimos dois dias foram isso, descanso para se adaptar a diferença de fuso, alimentar-se, hidratar-se, andar e andar. Logo mais agora de manha, seguimos nós tres para visitar nossa velha conhecida, Ven. Dhammananda Bhikkhuni, que já nos espera em seu mosteiro.

Um monge talvez a procura de informaçao…

Uma bela estátua do Buddha sentado… em um templo próximo


Esta é especial pro Davi, olha seus protetores de pernilongos aqui!


Aqui o Buddha descendo do céu Tavatimsa, após pregar o Abhidhamma aos devas.

dhanapala

Este é o blog pessoal de Ricardo Sasaki (Dhanapala), psicoterapeuta, palestrante e professor autorizado na tradição buddhista theravada e mahayana, tradutor, autor e editor de vários livros, com um grande interesse na promoção e desenvolvimento de meios hábeis que colaborem na diminuição real do sofrimento dos seres, principalmente aqueles inspirados nos ensinamentos do Buddha. Dirige o Centro de Estudos Buddhistas Nalanda e escreve no blog Folhas no Caminho. É também um dos professores do Numi - Núcleo de Mindfulness para o qual escreve regularmente. Para perguntas sobre o buddhismo, estudos em grupo e sugestões para esta coluna, pode ser contactado aqui.

4 Comments

  1. Davi, é uma pena que a coisa é grande pra levar pela Thailandia, Inglaterra e Portugal até chegar aí! Vc vai ter que vir pegar a sua mesmo! Final do ano com a gente, nao? 😉

    Lucas, parece sim. E aposto que o Erik von daniken se visse o quadro falava que o Buddha era de fato um alienígena descendo de uma nave-mae!!

    Gabi, vamos trocar, sim, muitas figurinhas sobre a comida daqui, e cada vez que venho nao dá pra deixar de levar um livrinho de culinária. Foi tb muito bom te encontrar e muito obrigado pelo almoço!! A Ju deve ter dito a vc que aquele sushi era tudo o que eu queria naquele dia!

  2. Oi Profº Sasaki!

    Depois quero trocar figurinhas com o senhor sobre essa comida!
    Foi muito bom lhe conhecer, agora estou acompanhando seus ensinamentos por aqui!

    No Dharma,

    Gasshô.

    Bia San

  3. Eu ainda vou ter um desses (tenda-mosquiteiro)!!!
    Abraços e tenham uma ótima viagem.
    Davi

Comments are closed.