Marco Polo e a América

A hipótese é antiga, a de que a América teria sido “descoberta” muito antes de Colombo. Aqui vai outro acréscimo, agora com Marlo Polo: Marco Pólo teria descoberto América antes de Colombo.

“A costa ocidental da América teria sido descoberta por Marco Pólo 200 anos antes de Cristóvão Colombo, de acordo com um mapa da Biblioteca do Congresso em Washington, examinado pelo FBI desde 1943, e cuja história foi divulgada pela revista francesa VSD nesta quarta-feira”.

Marco Polo foi alguém corajoso e aventureiro, que atravessou o Oriente Médio até chegar à China e tornar-se influente por lá. Para o Ocidente, mais importante foi a volta de Marco Polo, trazendo conhecimentos culturais e estratégicos. Ainda hoje continuamos a ter nossos “marcos polos”, homens e mulheres que vão Oriente, seja por curiosidade, seja por sede de conhecimento. Mas para ser um “marco polo” de verdade, é preciso voltar e trazer algo. Faço a pergunta para os leitores das Folhas, na opinião de vocês, qual a “coisa” mais significativa trazida pelos “marcos polos” modernos para o Brasil? Aguardo a resposta de vocês.

dhanapala

Este é o blog pessoal de Ricardo Sasaki (Dhanapala), psicoterapeuta, palestrante e professor autorizado na tradição buddhista theravada e mahayana, tradutor, autor e editor de vários livros, com um grande interesse na promoção e desenvolvimento de meios hábeis que colaborem na diminuição real do sofrimento dos seres, principalmente aqueles inspirados nos ensinamentos do Buddha. Dirige o Centro de Estudos Buddhistas Nalanda e escreve no blog Folhas no Caminho. É também um dos professores do Numi - Núcleo de Mindfulness para o qual escreve regularmente. Para perguntas sobre o buddhismo, estudos em grupo e sugestões para esta coluna, pode ser contactado aqui.