Nalanda III




Nalanda sob Harsha

“Hsuan-tsang (atualmente grafado como Xuanzang pelos especialistas chineses) viu em Nalanda uma imagem de Buddha feita de cobre de 24 metros, erigida por Purnavarman no começo do sexto século. O ilustre Harshavardhana de Kanauj (606-647) muito ajudou o Nalanda mahavihara. Construiu um monastério em latão que estava em construção quando da visita de Hsuan-tsang ao local. Harsha estabeleceu ‘as taxas de cerca de cem vilarejos como presente ao mosteiro e duzentas pessoas destas vilas contribuíram com o requerido volume de arroz, manteiga e leite’. Os estudantes não precisavam esmolar por seu alimento diário. Harsha reverenciou muito os monges de Nalanda e chamou a si mesmo de seu servo. Cerca de mil monges de Nalanda estavam presentes na congregação real em Kanauj”.


Nota: na foto, vocês podem notar vários ‘quadrados’, os quais são os quartos dos monges-alunos de Nalanda.


dhanapala

Este é o blog pessoal de Ricardo Sasaki (Dhanapala), psicoterapeuta, palestrante e professor autorizado na tradição buddhista theravada e mahayana, tradutor, autor e editor de vários livros, com um grande interesse na promoção e desenvolvimento de meios hábeis que colaborem na diminuição real do sofrimento dos seres, principalmente aqueles inspirados nos ensinamentos do Buddha. Dirige o Centro de Estudos Buddhistas Nalanda e escreve no blog Folhas no Caminho. É também um dos professores do Numi - Núcleo de Mindfulness para o qual escreve regularmente. Para perguntas sobre o buddhismo, estudos em grupo e sugestões para esta coluna, pode ser contactado aqui.