Uncategorized

Nalanda VI

O fim de Nalanda

“O Buddhismo estava gradualmente decaindo quando da visita de Hsuan-tsang. Centros importantes do Buddhismo antigo estavam desertos, embora alguns novos centros como Nalanda, Valabhi (a oeste) e Kanchi (ao sul) progredissem. Após algum tempo, o Buddhismo florescia apenas em Bihar e Bengala. Entretanto, vagarosamente o Buddhismo passou a tornar-se embebido de fortes idéias do tantrismo, incluindo a crença na eficácia de feitiços e encantamentos, envolvendo práticas e rituais secretos.

Os prédios e stupas de Nalanda foram destruídos pela primeira vez por um invasor Huno, Mihirakula, e, mais tarde, por Sasanka, o rei de Gauda. A destruição final foi causada por Muhammad Bakhtiar Khalji, no final do século doze e os monges fugiram. O verão de 1235 viu um outro ataque a Nalanda, dessa vez com apenas dois mosteiros sobreviventes, habitados por cerca de setenta moges, incluindo um Dharmasvamin tibetano, o qual deixou um relato de primeira mão sobre o incidente”.

Compartilhe com seus amigosShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Comments are closed.

Powered by: Wordpress
%d blogueiros gostam disto: