nasce um monge brasileiro

É com grande satisfação e felicidade que recebo notícias muito auspiciosas e que merecem destaque. No dia 21 de novembro de 2009 foi ordenado como monge noviço em Plum
Village, França, na tradição do ven. Thich Nhat Hanh, nosso amigo Samuel. Ele diz: “Fui ordenado com mais dez amigos (seis homens e quatro mulheres, um do Canadá, dois da França, um estadunidense, dois vietnamitas, uma
japonesa, uma holandesa, um alemão e uma chinesa – e eu do Brasil)… Thay deu a essa família o nome de Lótus Cor-de-Rosa. Essa família tem algumas características especiais, como diversidade de países e a idade (a maioria se situa na faixa dos 30 a 40 anos, um pouco velha para o costume)“.

O nome de dharma monástico dado a ele foi Pháp Giang. ‘Pháp’ em sino-vietnamita quer dizer ‘Dharma’ (e em vietnamita moderno quer dizer França) e ‘Giang'(pronuncia-se aproximadamente como Young em inglês, ou iang) significa ‘Rio’ – ou seja, Rio de Dharma, tudo a ver por ele ter vivivo muitos anos na Amazônia.

Ele diz ainda: “Interessante também ver que recebi o meu sanghati, hábito para grandes cerimônias formais, de um monge theravada da Tailândia, T. Pittaya, e que agora mora em plum village permanentemente. O ricardo sasaki sabe o quanto tenho apreço pelo budismo theravada e o quanto aprecio que o budismo praticado em plum village tenha uma mistura interessante com essa tradição, então foi com muito bom gosto que recebi de suas mãos“.

Considero muito auspicioso que possamos ter um brasileiro se tornando um monge formal e enviamos nossos melhores votos!

Sadhu sadhu sadhu

dhanapala

Este é o blog pessoal de Ricardo Sasaki (Dhanapala), psicoterapeuta, palestrante e professor autorizado na tradição buddhista theravada e mahayana, tradutor, autor e editor de vários livros, com um grande interesse na promoção e desenvolvimento de meios hábeis que colaborem na diminuição real do sofrimento dos seres, principalmente aqueles inspirados nos ensinamentos do Buddha. Dirige o Centro de Estudos Buddhistas Nalanda e escreve no blog Folhas no Caminho. É também um dos professores do Numi - Núcleo de Mindfulness para o qual escreve regularmente. Para perguntas sobre o buddhismo, estudos em grupo e sugestões para esta coluna, pode ser contactado aqui.

2 Comments

  1. Que ótima notícia!

    Que isso sirva de inspiração para mais praticantes sérios!

    sadhu sadhu sadhu

  2. Escolha muito difícil de ser tomada e tenho grande respeito por quem a toma.
    Não conheço o Samuel pessoalmente, apenas pelas listas buddhista e sempre me pareceu uma pessoa com interesse genuíno no Buddha-Dhamma. Espero que possa ser de grande benefício para nós brasileiros essa sua ordenação e sirva de inspiração para que outras pessoas sigam o mesmo caminho.
    Parabéns Samuel

    Fernando

Comments are closed.