O Cerco em Myanmar Aumenta

Atualização 11h14m:

As mortes já estão começando. Uma fonte interna dentro de Myanmar diz que policiais saíram atirando civis que estavam sentados num café perto das manifestações. E segundo a Democratic Voice of Burma, cinco monges já teriam sido mortos.

—–
Como já estávamos prevendo no último weblog, os militares já estão apertando o cerco contra o movimento monástico que pede por liberdade em Myanmar (Birmânia). Ontem, o toque de recolher foi imposto, ativistas começam a ser presos, monges atacados e há rumores de que a Prêmio Nobel da Paz, Aung San Su Kyi, foi levada de sua prisão domiciliar para uma prisão comum. A imprensa está sendo forçada a rechaçar o movimento e os militares já falam no uso de ‘meios militares’ para impedir as passeatas. A Embaixada Britânica já fala que mais de 100 monges foram espancados e presos.

Alguns movimentos de apoio no mundo têm surgido, como este da Avaaz onde você pode dar sua contribuição.

Dalai Lama manifesta «total apoio» a monges budistas Myanmar

Two Actions You Can Take to Support the Monks and Nuns of Burma
Anistia Internacional

dhanapala

Este é o blog pessoal de Ricardo Sasaki (Dhanapala), psicoterapeuta, palestrante e professor autorizado na tradição buddhista theravada e mahayana, tradutor, autor e editor de vários livros, com um grande interesse na promoção e desenvolvimento de meios hábeis que colaborem na diminuição real do sofrimento dos seres, principalmente aqueles inspirados nos ensinamentos do Buddha. Dirige o Centro de Estudos Buddhistas Nalanda e escreve no blog Folhas no Caminho. É também um dos professores do Numi - Núcleo de Mindfulness para o qual escreve regularmente. Para perguntas sobre o buddhismo, estudos em grupo e sugestões para esta coluna, pode ser contactado aqui.

One Comment

  1. Mensagem enviada.
    É recoberta de louvor a atitude dos Monges de usarem seu espirito pacífico para defender a Paz.
    Agustinho

Comments are closed.