O que dizem as estrelas

Um bom costume no final do mes é ponderar sobre como foi o mes que passou, aprender com nossas cabeçadas, aperfeiçoar as fraquezas, alegrar-se com as ondas mais favoráveis do destino. Platão até aconselhava fazer isso ao final de cada dia. Aqui na India é possivel fazer essa reflexão com a ajuda especial de um astrologo indiano, entao vejamos o que Pandit Ajai fala sobre o que deveria ter sido meu mês de janeiro, descrição baseada na confiabilissima descrição de uma coluna de revista:

Muitos desenvolvimentos acontecem este mês, então esteja pronto para muita ação em todas as frentes. Suas conquistas falam por você, a medida que você ganha o reconhecimento por seu trabalho. Ganhos financeiros estão indicados: você se sentirá seguro. Para alguns, este periodo indica um tempo para uma parceria profundamente intuitiva – você se apaixonará, novamente. Você e sua amada possuem um foco comum e tendem a valorizar o trabalhar juntos para a segurança e estabilidade daquilo que sentem que realmente é importante para vocês. Você pode esperar por uma celebração que trará alegria

Bom não?

Reconhecimento pelo trabalho, ganhos financeiros e amor, nao é isso que boa parte de todos os seres procuram? Ainda que buddhistas sejam um pouco reticentes em tomar isso muito a sério, fato é que a tradição hindu, e a buddhista em certa medida, reconhecem tais venturas como justificáveis na vida no mundo. Em vários suttas o Buddha exalta que a ação e esforço corretos tem como um dos resultados o reconhecimento pelo bom trabalho, recomenda que os ganhos materiais sejam administrados sabiamente inclusive com vista a seu aumento, e podemos lembrar que o proprio metta sutta diz que um dos resultados da prática de metta é tornar o praticante mais amado pelos seres, o que é uma admissão de que os seres gostam de ser amados e não há problema nisso.

Algo que ambas as tradiçoes complementam entretanto é que tais objetivos deveriam estar submetidos a um objetivo maior: a busca, encontro e realização do Dharma. O Dharma informa aqueles três objetivos com um acréscimo de significado, elevando-os da horizontalidade em que geralmente se dão, e recompondo-os numa esfera mais ampla. “Meu” trabalho, “meu” dinheiro e “meu” amor, podem assim se libertar da prisão angustiante do “eu e meu” e se tornarem simbolos que abrem portas para uma visão mais profunda (provendo uma nova forma de ver o trabalho, a propriedade e o amor), o que só pode acontecer quando o “meu” se retira para um segundo plano.

Eis então o que deveria ter sido meu mes de janeiro segundo o reputadissimo astrólogo daqui. Depois que lemos o nosso horóscopo acabamos lendo os de outros signos, não? Divertidamente, o que encontro é que em diferentes palavras todos os signos são descritos com as mesmas caracteristicas: um mes de muita ação, melhorias na carreira e pessoas interessantes ao redor. Nao é otimo que a astrologia indiana deseje sorte para todos? Se somos todos UM nada mais natural que compartilhar o mesmo destino!

dhanapala

Este é o blog pessoal de Ricardo Sasaki (Dhanapala), psicoterapeuta, palestrante e professor autorizado na tradição buddhista theravada e mahayana, tradutor, autor e editor de vários livros, com um grande interesse na promoção e desenvolvimento de meios hábeis que colaborem na diminuição real do sofrimento dos seres, principalmente aqueles inspirados nos ensinamentos do Buddha. Dirige o Centro de Estudos Buddhistas Nalanda e escreve no blog Folhas no Caminho. É também um dos professores do Numi - Núcleo de Mindfulness para o qual escreve regularmente. Para perguntas sobre o buddhismo, estudos em grupo e sugestões para esta coluna, pode ser contactado aqui.

6 Comments

  1. Olá professor!!

    Estou lendo só agora, e de cima pra baixo. Essa viagem deve ter sido mesmo muito especial!!!

    Abraços a todos os amigos do Nalanda!

  2. A anônima sou eu, Rosana Lucas. Terminei rápido demais e não assinei… Sorry!
    Abraços.

  3. Relaxar na felicidade e boa ventura… Isso mesmo!

    Normalmente, tememos a felicidade mundana, reconhecendo o perigo da tentação.

    Grata pela lembrança e bons ventos continuem soprando em nossa direção!

  4. Muita boa reflexão!!! Adorei!
    Obrigadissimo!!!
    beijos
    Ge

  5. Que bom ver vc na India assim. Como diz o ditado parece ser a primeira vez. Parabéns. Aqui em SP bem como BH, Curitiba, e todas as demais cidades, muita chuva, alagamentos, sem teto, o que mais se fala é no dolar que sobe e desce junto a bolsa e a saúde do Lula que ta hipertenso. Hipercalmo, estamos aprendendo com vc

    abçs

Comments are closed.