notícias

Pare de achar que meditar é parar de pensar

meditar não é parar de pensar

meditar não é parar de pensar

Há décadas ensino que meditar não é parar de pensar. Esse é um dos problemas mais comuns com os quais as pessoas chegam no Centro Nalanda. Elas acham que meditação é parar de pensar, e ficam frustradas quando não conseguem. Damos instruções, explicamos diversas técnicas, mas lá no fundo a pessoa ainda acha que tem que parra de pensar completamente. Ela pratica, segue as instruções, mas quando dá o feedback, avalia que apesar de conseguir razoavelmente a técnica ensinada, ainda assim não conseguiu parar de pensar!

É muito bom, então, ver que Dzongsar Khyentse Rinpoche da tradição tibetana vê da mesma maneira: “Como é explicado em muitos ensinamentos de meditação, primeiro de tudo, você não pode parar pensamentos. É impossível. E parar pensamentos não está em nossos planos. Não é algo que se possa fazer. Mesmo se fosse possível, não é necessário, é inútil. Meditação de fato tem como fim gerar a consciência em relação ao pensamento. Se supostamente você desenvolver a consciência em relação ao pensamento, então você terá que ter o pensamento para se tornar consciente a respeito! Assim, você realmente não pode se ver livre do pensamento, e então tentar olhar para algo”. – “Parting from the four attachments”, Nepal June 2009

Compartilhe com seus amigosShare on Facebook0Share on Google+1Tweet about this on TwitterEmail this to someone

3 Comments

  • ana paula
    22/07/2015 - 10:07 am | Permalink

    Amigos, concordo que meditação não é parar de pensar, é se auto observar e isso inclui os pensamentos. É tomar consciencia. Mas parar de pensar é possível, mesmo que por alguns segundos para alguns, minutos para outros e horas para outros. Falo a partir de minha própria experiência.
    Abraço a todos e parabens pelo lindo trabalho

    • dhanapala
      29/07/2015 - 8:08 am | Permalink

      Obrigado pela visita, Ana Paula!

  • 25/03/2015 - 7:26 am | Permalink

    No fim das contas é uma questão de parar de pensar errado…

  • Comments are closed.