Uncategorized

relacionamentos

Aproveitando a passagem citada pelo Sayadaw U Silananda com relação a relacionamentos entre marido e esposa, seria oportuno lembrar as palavras de outro mestre da tradição Theravada, Ajahn Buddhadasa: “O verdadeiro amigo do homem é o dhamma, não “minha esposa” ou o conhecimento benéfico ao “eu”, como geralmente aceito. A razão disso é ser o dhamma mais necessário; ele pode nos ajudar e proteger de forma melhor e mais efetiva que os outros dois itens“. No relacionamento secular dos dias de hoje, a base de sustentação é formada a partir de paixão, atração, interesses comuns do momento, etc., todos eles elementos efêmeros. Cada pessoa se apoia na outra baseada nisso, mas seria melhor que o Dhamma fosse a sustentação seja da vida individual quanto da vida conjugal. Comecemos pelo que há de mais sólido e a partir dali a vida se estrutura, cada andar se apoiando no anterior.

Compartilhe com seus amigosShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Comments are closed.

Powered by: Wordpress
%d blogueiros gostam disto: