Somente hoje

Somente Hoje, cumpra seu dever completamente

O que passou, não se preocupe em buscar;
E não deseje por aquilo que ainda não chegou.
Os dias se mantêm passando sem nunca retornar
E os dias futuros nunca chegam a realmente passar.

Quem quer que veja claramente o presente manifesto
De forma clara, aberta e direta em toda a sua verdade,
Sem os usuais tremores e agitações,
Pode encarar as coisas como realmente são e seguir adiante.

Assim, não adie fazer seu dever de hoje,
Pois ninguém sabe quando a morte pode vir.
Não temos poder para atrasar ou colocar de lado
A morte e seus grandes exércitos.

Ajahn Buddhadasa
do Calendário de 2003
Traduzido do thai por Santikaro
Traduzido do inglês por Ricardo Sasaki

dhanapala

Este é o blog pessoal de Ricardo Sasaki (Dhanapala), psicoterapeuta, palestrante e professor autorizado na tradição buddhista theravada e mahayana, tradutor, autor e editor de vários livros, com um grande interesse na promoção e desenvolvimento de meios hábeis que colaborem na diminuição real do sofrimento dos seres, principalmente aqueles inspirados nos ensinamentos do Buddha. Dirige o Centro de Estudos Buddhistas Nalanda e escreve no blog Folhas no Caminho. É também um dos professores do Numi - Núcleo de Mindfulness para o qual escreve regularmente. Para perguntas sobre o buddhismo, estudos em grupo e sugestões para esta coluna, pode ser contactado aqui.

One Comment

  1. mesmo com o tempo escasso e essa
    jeringonça que insiste em não funcionar, insisto em dar minha passadinha aki.
    Esse caiu como uma luva, feito sob
    medida para uma noite de segunda.
    Me levou longe…me lembrei da
    “tar da impermanencia”.
    Até o Lobão entrou nessa;

    Vida louca vida
    vida breve
    Já que eu não posso te levar
    quero que vc me leve

    já guardei no meus guardados para
    reflexão.
    abs
    ana

Comments are closed.