A morte é um dia que vale a pena viver

O professor Godwin Samararatne já havia dito que a morte é a coisa mais certa. Ele disse: “A morte é a coisa mais certa na vida, e o que é lamentável é que nós nos esquececemos da coisa mais certa na vida e nos envolvemos em outras coisas que são incertas“. Este não esquecimento vale […]

A maior certeza

Sobre o assunto morte e impermanência, eu gostaria de mencionar que refletir a respeito deste tema algumas vezes é muito importante. Na meditação buddhista a reflexão sobre a morte desempenha um papel de destaque na prática. No Sri Lanka, quando você visita centros de meditação na floresta, nesses lugares você vê esqueletos sendo usados por […]

Morte e equilíbrio

Num livro presente no Cânone Pāli da tradição Theravāda há um verso do Buddha que diz: Kāmesu giddhā pasutā pamūḷhā, avadāniyā te visame niviṭṭhā; Dukkhūpanītā paridevayanti, kiṃsū bhavissāma ito cutāse. ~ Suttanipata 774 Que na minha tradução fica assim: “Os que são cobiçosos engajam-se e ficam apaixonados por prazeres sensoriais. Seguem o caminho instável. Neste […]

Vivere Navigare Est – Três Visões

Um caminho, aqui. “Viver é fazer uma viagem” – Três Visões Acabo de ler o artigo de Leonardo Boff, Minima Theologica: em memória dos mortos de Santa Maria, escrito, aparentemente, para servir de consolo àqueles que aqui ficaram, estupefatos pela tragédia dessa semana em Santa Maria, Rio Grande do Sul. Diante de mais de 200 […]