Dias pela paz na Coréia do Sul – 2

Continuando daqui: Dias pela paz na Coréia do Sul – 1 Minha primeira missão hoje foi conhecer a sede geral da Ordem Jogye (Chogye) na Coréia, a maior ordem buddhista do país. Confiram meu livro “Céu Azul Verde Mar: Noções sobre o Buddhismo Coreano“, onde falo bastante sobre ela. Depois de trocar três vezes de linha […]

Dias pela paz na Coréia do Sul – 1

No último 21 de setembro se comemorou em todo o mundo o Dia Internacional pela Paz. Eu estive na Coréia do Sul por 10 dias participando de encontros pela paz e conhecendo Seul. Foi minha primeira vez na Coréia, décadas atrás eu havia apenas parado no aeroporto, para troca de avião, em minha viagem de Los […]

Paz e Tolerância

Em A Paz é Possível, Anna Brown mostra um pouco da trajetória de Maha Ghosananda em seu papel pela paz no Camboja. As caminhadas pela paz (Dhammayietra) por entre campos minados e zonas de conflito são gestos poderosos de consciência, que mostram também para nós a necessidade de ações corajosas em nossas vidas, se quisermos […]

Liberdade para Aung San Suu Kyi

Grupos de Direitos Humanos, como a Anistia Internacional e a Burma Campaign pediram que hoje fosse declarado dia mundial de protesto contra a prisão terrivelmente injusta prisão de Aung San Suu Kyi, líder da oposição, vencedora do prêmio Nobel da Paz de 1991 e democraticamente eleita nas eleições de Myanmar (Birmânia). Mais notícias aqui: Día […]

Beisebol e 9/11

No último weblog falei sobre os lançamentos de agosto. A palavra ‘lançamento’ de algum modo lembra beisebol. Faz muito tempo desde minha última partida de beisebol, mas duas coisas são fundamentais. O lançador e o receptor. Para lançar devemos ter uma mira certeira, apontando a importância de termos claros nossos objetivos. Nos assuntos religiosos isso […]

Andando pela compreensão mútua

Setenta jovens de toda a Thailândia realizaram uma caminhada ininterrupta de 750 quilômetros a partir de Surat Thani até Bangkok. Lalada Yiengyong, com 12 anos de idade, a mais jovem do grupo e proveniente da escola Krungtep Vited Suksa de Bangkok, declarou: “Eu me juntei ao grupo desejando compreender a mim mesma e aos outros. […]