Eu Não Sou Charlie

Correndo o risco de certamente ser mal entendido e tomando um caminho oposto à totalidade da imprensa ocidental, eu não sou charlie. É óbvio e absolutamente desnecessário dizer que todo e qualquer terrorismo deve ser firmemente condenado. Nenhuma violência é admissível e, por isso mesmo, eu não sou charlie. O mundo se move de acordo […]

Intolerância e preconceito

A antiga tradição ameaçada pela violência e pelo preconceito Nos últimos anos as regiões cobertas pela tradição Theravada presenciam participações ativas, para o bem e para o mal, do monasticismo buddhista. Temos visto os dois extremos: monges que se levantam corajosamente contra as injustiças sociais e monges que ativamente se esforçam para aumentar o ódio […]

CBB expressa sua preocupação com relação à nomeação do deputado Marcos Feliciano

O Colegiado Buddhista Brasileiro (CBB) vem nesta expressar sua profunda preocupação com a indicação e com a nomeação do Deputado Marcos Feliciano (PSC) para a diretoria da Comissão dos Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da câmara. Nossa preocupação se deve ao inequívoco discurso intolerante e alienador que caracteriza as ideias do referido deputado. Suas palavras […]

Eleições e Nagarjuna

Confesso que meu interesse por política vai par a par com meu interesse pelas últimas novidades do BBB ou sobre a vida sexual das moscas da Austrália, mas em períodos de eleições é interessante perceber como parece que o mundo ao seu redor se exalta com os políticos (que, na verdade, não mereceriam um segundo […]

Tiririca

Tiririca Tiririca ser o deputado federal mais votado do Brasil, um dos 4 países emergentes do ‘futuro’ poderio mundial, não é uma surpresa. Tiririca ser eleito por um povo que faz escolhas ignorantes constantes há anos é apenas um retrato da ‘pátria amada, Brasil’, uma fotografia do que já acontece na mentalidade brasileira faz muito […]

Ai Meu Deus

“É preciso que o Brasil assuma a grandeza que Deus lhe deu quando criou o mundo e que os nossos diplomatas nos deram quando fizeram a divisão do espaço geográfico, no século passado“. É assim que o presidente do espaço geográfico chamado Brasil justificou a “necessidade” do Brasil ser uma potência militar. Ou seja, um […]

Bushland

11 de setembro. Quatro anos se passaram desde que o mundo viu a queda das torres gêmeas e com elas a arrogância estadunidense, que sempre se julgou no direito de intervir e destruir qualquer coisa fora de suas fronteiras que julgasse “do mal”. A política intervencionista não mudou, no entanto. Pelo contrário. A “polícia do […]