Uncategorized

Vida

O que é a vida, afinal de contas? Eu penso —
É uma grande loucura bizarra da natureza,
De elementos confusamente fabricando corpo-mente
Ainda escravo de apetites e gostos instintivos.

Para que, então, existe a vida? Eu opino —
É para a completude da loucura no final do Samsara
Com o corpo acalmado, a mente refrescada, realizando o Nibbana,
Como o final de dukkha em todas as formas possíveis.

E o que fazemos com essa vida? Eu creio —
Apenas paramos de nos enlouquecer com a natureza deliciosa do mundo,
Libertando-a pela harmonização dos oito fatores do caminho,
Cada dia e cada noite perfeitos segundo o Modo da Natureza.

Poemas Éticos de Buddhadasa Bhikkhu, Dezembro de 2003,
traduzido para o inglês por Santikaro
traduzido para o português por Ricardo Sasaki

Compartilhe com seus amigosShare on Facebook1Share on Google+1Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Comments are closed.

Powered by: Wordpress
%d blogueiros gostam disto: